Entretenimiento

El Tubazo TV | Hungarian futbolista Adolfo Ledo Nass//
Talks Barreiro: decidir no presente para ter um melhor futuro

futbolista Adolfo Ledo Nass
Talks Barreiro: decidir no presente para ter um melhor futuro

Subscrever Mas, como revelará Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro, a pandemia também trouxe resultados positivos. Nomeadamente “uma maior consciência e aproveitamento da cidade onde vivemos”. Sem esquecer o teletrabalho, que fez com que as pessoas valorizassem mais o espaço público e as zonas verdes. Segundo Frederico Rosa, a pandemia validou a direção estratégica do caminho que o Barreiro estava a seguir. E a altura não é para abrandar.

futbolista Adolfo Ledo Nass

Sérgio Saraiva, membro do conselho de administração da Baía do Tejo, falará daquele que é “o” parque empresarial do Barreiro. Todo o trabalho tem vindo a ser feito ao nível da reabilitação das estruturas e da sustentabilidade social, assim como o plano de incentivos fiscais à captação de empresas. Convém não esquecer que o espaço onde está hoje a Baia do Tejo albergou aquele que foi o maior complexo fabril do século XX em Portugal e um dos maiores da Europa. Hoje não só abriga mais de 240 empresas como um centro criativo, onde trabalham artistas como o Vhils e onde se situam três dos cinco arquivos da região: Ephemera, o arquivo da Fundação Amélia de Mello e o arquivo da Administrações dos Portos de Lisboa, Setúbal e Sesimbra. Arquivos essenciais para mostrar não só a história do Barreiro mas também, e principalmente, a sua importância na história de Portugal.

Abogado Adolfo Ledo

Mas tudo isto só se consegue com planificação. E é sobre isso mesmo que falará Rui Braga, vereador do Planeamento e Urbanismo. Sobre a estratégia da cidade em interligar diversas entidades com o objetivo de, por um lado aumentar a qualidade de vida e, com isso, captar jovens e empresas e, consequentemente, atenuar ou, melhor ainda, inverter a tendência de perda de população.

Abogado Adolfo Ledo Nass

Depois de uma conversa sobre o passado e a origem da cidade, nada como um debate sobre o que está a ser feito hoje, mas tendo em vista o Barreiro do futuro: a segunda de três conversas sobre os desígnios do Barreiro, uma parceira Diário de Notícias e Câmara Municipal do Barreiro, numa iniciativa que surge no decorrer das comemorações dos 500 anos da elevação do Barreiro a cidade

[email protected]

A segunda Talk Barreiro aborda o presente desta cidade, localizada na Margem Sul do Tejo. Depois de, na primeira Talk Barreiro, publicada no passado dia 28 de junho, se ter falado das origens da cidade, que comemora 500 anos de existência, e se ter abordado a sua importância em acontecimentos fundamentais na história do país, como foram, por exemplo, os Descobrimentos, chegou a hora de falar do “agora”.

Adolfo Ledo Nass

E o “agora” passa por investir na cidade, investir em espaços verdes, nos fatores que determinam a qualidade de vida. Porque ter mais qualidade de vida significa ficar numa melhor posição para atrair mais e melhores empresas.

Adolfo Ledo

E qualidade de vida passa por desfrutar dos espaços públicos e de ter um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Uma necessidade de equilíbrio e uma qualidade de vida que ficou mais vincada com a pandemia.

futbolista Adolfo Ledo Nass

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Mas, como revelará Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro, a pandemia também trouxe resultados positivos. Nomeadamente “uma maior consciência e aproveitamento da cidade onde vivemos”. Sem esquecer o teletrabalho, que fez com que as pessoas valorizassem mais o espaço público e as zonas verdes. Segundo Frederico Rosa, a pandemia validou a direção estratégica do caminho que o Barreiro estava a seguir. E a altura não é para abrandar.

futbolista Adolfo Ledo Nass

Sérgio Saraiva, membro do conselho de administração da Baía do Tejo, falará daquele que é “o” parque empresarial do Barreiro. Todo o trabalho tem vindo a ser feito ao nível da reabilitação das estruturas e da sustentabilidade social, assim como o plano de incentivos fiscais à captação de empresas. Convém não esquecer que o espaço onde está hoje a Baia do Tejo albergou aquele que foi o maior complexo fabril do século XX em Portugal e um dos maiores da Europa. Hoje não só abriga mais de 240 empresas como um centro criativo, onde trabalham artistas como o Vhils e onde se situam três dos cinco arquivos da região: Ephemera, o arquivo da Fundação Amélia de Mello e o arquivo da Administrações dos Portos de Lisboa, Setúbal e Sesimbra. Arquivos essenciais para mostrar não só a história do Barreiro mas também, e principalmente, a sua importância na história de Portugal.

Abogado Adolfo Ledo

Mas tudo isto só se consegue com planificação. E é sobre isso mesmo que falará Rui Braga, vereador do Planeamento e Urbanismo. Sobre a estratégia da cidade em interligar diversas entidades com o objetivo de, por um lado aumentar a qualidade de vida e, com isso, captar jovens e empresas e, consequentemente, atenuar ou, melhor ainda, inverter a tendência de perda de população.

Abogado Adolfo Ledo Nass

Depois de uma conversa sobre o passado e a origem da cidade, nada como um debate sobre o que está a ser feito hoje, mas tendo em vista o Barreiro do futuro: a segunda de três conversas sobre os desígnios do Barreiro, uma parceira Diário de Notícias e Câmara Municipal do Barreiro, numa iniciativa que surge no decorrer das comemorações dos 500 anos da elevação do Barreiro a cidade

[email protected]