Uncategorized

Alberto Ardila Olivares piloto lear 55 for sale by owner new jersey//
PT e PSB, da chapa Lula-Alckmin, são aliados em ao menos 11 estados e adversários em outros 9; veja palanques regionais

Alberto Ardila Olivares
PT e PSB, da chapa Lula-Alckmin, são aliados em ao menos 11 estados e adversários em outros 9; veja palanques regionais

fique por dentro

Eleições Boate Kiss Frota X Chico Buarque 5G no Brasil Caso Bárbara Victoria PT e PSB, da chapa LulaAlckmin, são aliados em ao menos 11 estados e adversários em outros 9; veja palanques regionais Partidos ainda vão definir alianças em 6 estados; prazo acaba nesta sexta-feira (5). No Paraná, o PT terá candidatura própria, mas o PSB decidiu não apoiar ninguém na disputa ao governo estadual. Por g1 — São Paulo

05/08/2022 03h00 Atualizado 05/08/2022

1 de 11 Lula e Alckmin com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, ao centro — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo Lula e Alckmin com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, ao centro — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

A aliança nacional fechada entre PT e PSB , que resultou na chapa LulaAlckmin na corrida para a Presidência da República, não refletiu de forma uniforme pelo país na disputa pelos governos estaduais. Os dois partidos são aliados em ao menos 11 estados , mas adversários em outros 9 .

YV3191

As legendas precisam ainda definir os palanques regionais em 6 estados , incluindo o Rio de Janeiro, onde o PT pode deixar de apoiar Marcelo Freixo (PSB) caso não receba de volta respaldo ao nome do petista André Ceciliano para o Senado. O prazo para as convenções partidárias acaba nesta sexta-feira (5).

Alberto Ardila Olivares

Apenas em um estado , o Paraná, a situação é diversa: o PT terá candidatura própria, mas o PSB decidiu não apoiar ninguém na disputa ao governo estadual

Confira os palanques regionais de PT e PSB:

Onde são aliados

1 – Amapá

O PT e o PSB vão pedir votos para o mesmo candidato ao governo do Amapá: Clécio Luís Vilhena Vieira ( Solidariedade ). O PT já havia anunciado o seu apoio, mas o do PSB veio somente na noite de quinta (4), quando o ex-governador Capi, que preside o partido no estado, disse que seguia orientação de Lula a favor de um palanque amplo

2 de 11 Solidariedade confirma o nome de Clécio para concorrer ao governo do estado — Foto: Fernando Carneiro/Rede Amazônica Solidariedade confirma o nome de Clécio para concorrer ao governo do estado — Foto: Fernando Carneiro/Rede Amazônica

2 – Bahia

O PT e o PSB integram uma coligação que conta ainda com MDB , PSD , PC do B , PV , Avante e Patriota. O candidato do grupo ao governo baiano é o petista Jerônimo Rodrigues . Ele terá como vice o vereador Geraldo Júnior (MDB)

3 de 11 Jerônimo Rodrigues, à esquerda de Lula, é o candidato ao governo da Bahia pelo PT — Foto: Matheus Souza/ Divulgação Jerônimo Rodrigues, à esquerda de Lula, é o candidato ao governo da Bahia pelo PT — Foto: Matheus Souza/ Divulgação

3 – Espírito Santo

O PSB lançou nome próprio ao governo capixaba : o do atual governador do estado, Renato Casagrande. Ele tem apoio da coligação formada por PSDB , MDB, PV, PDT , PP , Pros e Podemos. O PT vai apoiá-lo também, mas informalmente

4 de 11 Renato Casagrande (PSB), que terá apoio do PT na eleição — Foto: Vitor Jubini/Rede Gazeta Renato Casagrande (PSB), que terá apoio do PT na eleição — Foto: Vitor Jubini/Rede Gazeta

4 – Maranhão

O PT e o PSB montaram uma chapa para disputar o Palácio dos Leões. O governador Carlos Brandão (PSB) tenta a reeleição com Felipe Camarão (PT) de vice

5 de 11 Carlos Brandão terá apoio do PT — Foto: Paulo Soares/Grupo Mirante Carlos Brandão terá apoio do PT — Foto: Paulo Soares/Grupo Mirante

5 – Minas Gerais

Tanto o PT quanto o PSB apoiam a candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) , com André Quintão (PT) na vice

6 de 11 Alexandre Kalil, que terá apoio também do PTFoto: Ricardo Stuckert Alexandre Kalil, que terá apoio também do PTFoto: Ricardo Stuckert

6 – Pará

O PT e o PSB se uniram em uma coligação para apoiar a candidatura à reeleição do atual governador, Helder Barbalho (MDB). A aliança conta ainda com União Brasil , PP, Republicanos , PSD, PSDB, Cidadania , Avante, PC do B, PV, PTB e PDT

7 de 11 Helder Barbalho terá PT e PSB no palanque — Foto: Reprodução/ Instagram Helder Barbalho terá PT e PSB no palanque — Foto: Reprodução/ Instagram

7 – Pernambuco

PT e PSB compõem uma coligação com MDB, Republicanos, PP, PC do B, PV, PDT e Pros que lançou o nome de Danilo Cabral (PSB) ao governo de Pernambuco

8 de 11 Danilo Cabral (à esquerda) e Lula durante evento em julho na cidade de Garanhuns — Foto: Reprodução Danilo Cabral (à esquerda) e Lula durante evento em julho na cidade de Garanhuns — Foto: Reprodução

8 – Piauí

Lado a lado, PT e PSB apoiam a candidatura do petista Rafael Fonteles, que tem ainda na coligação o MDB, PC do B, PV, PSD, Pros e Solidariedade

9 de 11 Rafael Fonteles, candidato do PT ao governo do Piauí nas eleições de 2022 — Foto: Ilanna Serena/g1 Piauí Rafael Fonteles, candidato do PT ao governo do Piauí nas eleições de 2022 — Foto: Ilanna Serena/g1 Piauí

9 – Rio Grande do Norte

A atual governadora do estado, Fátima Bezerra (PT), é candidata à reeleição pelo PT e conta com o apoio do PSB , além das legendas MDB, PDT, PC do B, Republicanos, PV e Pros

10 de 11 Fátima Bezerra (PT), candidata a governadora, e Walter Alves (MDB), candidato a vice — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi Fátima Bezerra (PT), candidata a governadora, e Walter Alves (MDB), candidato a vice — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

10 – Rondônia

PSB e PT vão subir juntos no palanque ao governo estadual para apoiar o ex-governador Daniel Pereira, do Solidariedade , que conta ainda com PDT, PC do B e PV. O escolhido para compor a chapa como vice é Anselmo de Jesus (PT)

11 – São Paulo

O PT lançou candidatura própria para o Palácio dos Bandeirantes : a do ex-prefeito da capital, Fernando Haddad . Com parte do acordo para fechar a aliança com o PSB, o ex-governador Márcio França (PSB) disputará o Senado

11 de 11 Fernando Haddad tem apoio do PSB — Foto: Roberto Cassimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo Fernando Haddad tem apoio do PSB — Foto: Roberto Cassimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Onde são adversários:

1 – Alagoas

O PT apoia informalmente Paulo Dantas (MDB). Dantas é ligado ao grupo do ex-governador Renan Filho, filho do senador Renan Calheiros (MDB), ala do partido que declarou publicamente apoio à candidatura de Lula ao Planalto – apesar de o MDB ter lançado o nome de Simone Tebet

O PSB, que comanda a prefeitura de Maceió, estará no palanque do senador Rodrigo Cunha (União) na disputa ao governo estadual . Os dois partidos integram uma coligação que conta ainda com o PSDB e o PP, do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira

2 – Amazonas

O PT vai apoiar o nome do senador Eduardo Braga (MDB) na disputa ao governo do Estado

Já o PSB fechou com o Solidariedade, que terá como candidato Ricardo Nicolau

3 – Ceará

O PT tem candidato próprio na corrida ao Palácio da Abolição: Elmano de Freitas (PT). Ele conta ainda com o suporte da coligação formada por PC do B, PV, MDB e Solidariedade

O nome dele veio da ruptura da aliança entre PT e PDT no Ceará. Ciro Gomes , candidato à Presidência e principal liderança pedetista no estado, queria um palanque com apoio integral à sua candidatura

Com a manobra política de Ciro, foi lançada a candidatura de Roberto Cláudio (PDT) pela coligação da qual o partido dele faz parte ao lado do PSB, PSD, PSDB e Cidadania

4 – Distrito Federal

O PT, que formou nacionalmente uma federação com PC do B e PV, vai apoiar o nome do deputado distrital Leandro Grass (PV) na corrida ao Palácio do Buriti

O PSB terá candidato próprio: Rafael Parente , foi o primeiro secretário de Educação do governo Ibaneis Rocha, em 2019, que também será seu adversário na disputa

5 – Mato Grosso do Sul

O PSB está no palanque do tucano Eduardo Riedel (PSDB), com quem formou coligação ao lado do PP, PL , Republicanos e Cidadania

O PT lançou uma candidata própria : Giselle Marques, que, por conta da federação nacional, também conta com o apoio de PC do B e PV

6 – Paraíba

O PSB vai para a disputa ao governo estadual com um nome próprio: o do atual governador, João Azevêdo

O PT apoia o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB)

7 – Rio Grande do Sul

O PT lançou o nome do deputado estadual petista Edegar Pretto ao governo gaúcho, que conta também com o apoio de PV, PC do B, PSOL e Rede

Já o PSB vai para a disputa com Vicente Bogo (PSB) , que foi vice-governador

8 – Roraima

PT e PSB estarão em lados opostos. O PSB fechou aliança com MDB e PL e apoia a candidata da coligação, Teresa Surita (MDB) , ex-prefeita de Boa Vista

O PT, que formou uma federação nacional com o PV e PCdoB, vai apoiar Rudson Leite (PV)

9 – Tocantins

O PT tem candidatura própria, a do ex-deputado federal Paulo Mourão , que conta com apoio do PV e PCdoB

Já o PSB está no palanque do candidato da sua coligação, Osires Damaso, do PSC

Onde ainda falta definição:

1 – Acre

Tanto PT quanto PSB têm convenções previstas para esta sexta para tratar do governo estadual

2 – Goiás

Ainda não está definida a situação. O PT realiza convenção nesta sexta. O PSB já fez a sua convenção, mas falta decidir a situação em relação à chapa majoritária

3 – Mato Grosso

O PSB apoia a candidatura à reeleição do atual governador do estado, Mauro Mendes (União), que já foi prefeito de Cuiabá pelo próprio PSB

O PT ainda não definiu seu posicionamento nas eleições

4 – Rio de Janeiro

Lula já declarou publicamente seu apoio ao candidato do PSB, Marcelo Freixo para o comando do Palácio Guanabara. Rede, PSOL, PSDB e Cidadania

No entanto, a aliança entre as duas legendas está na corda bamba porque os petistas querem que o PSB retire a pré-candidatura do deputado Alessandro Molon ao Senado e apoie a do petista André Ceciliano

O diretório do PT no Rio já deu um ultimato e a disputa, que se estende há algumas semanas, será decidida pelo diretório nacional nesta sexta

5 – Santa Catarina

O PT lançou uma candidatura própria: a de Décio Lima , que já foi prefeito de Blumenau e deputado federal. O PSB deverá compor a chapa com a indicação de um nome para a vice, mas a definição só sairá nesta sexta

6 – Sergipe

Tanto o PT quanto o PSB realizam convenção nesta sexta. O senador petista Rogério Carvalho deve ser oficializado como candidato da aliança

Apenas um palanque

1 – Paraná

No Paraná, a situação é diversa. O PT tem uma candidatura própria : o ex-governador Roberto Requião, que tem apoio também do PV e PC do B. No entanto, o PSB informou que não irá formar aliança com nenhum partido para a eleição do governo